Mais de 19 mil atendimentos na UPA em 2019


 Nos primeiros 4 meses do ano, a UPA registrou um pequeno aumento no número de atendimentos em relação a 2018. De janeiro a abril de 2019, a Unidade teve 19.878 atendimentos, e no mesmo período do ano passado 19.500. Casos de urgência registraram apenas 11% do total. A média de tempo de espera para casos clínicos é de 1 hora, já que o atendimento de urgência e emergência é prioritário.  

O Gerente Silvano Cervo destaca que os meses de janeiro e março registraram mais atendimentos, "Período de férias e de carnaval normalmente têm mais pacientes em nossa Unidade, mas de forma geral, a média está se mantendo semelhante ao ano anterior. A partir de agora, o número de atendimentos deve aumentar em função da mudança climática".  

Umidade, frio e a mudança significativa de clima ao longo do dia, são fatores que desencadeiam uma série de doenças, por isso, os profissionais alertam para os cuidados nesse período. Dr. Gidione Bombassaro II que realiza atendimento na UPA destaca que essa é uma época que principalmente crianças e idosos devem ter mais cuidados, "Nesse período temos um aumento significativo de casos respiratórios e cardíacos, por isso, é importante que as pessoas se mantenham bem agasalhadas, tenham cuidado com a alimentação e com a hidratação. Nesses dias chuvosos, é importante cuidar também, para não ficar com a roupa molhada ou úmida por muito tempo. Crianças e pessoas de mais idade devem ter os cuidados redobrados com a queda da temperatura".

Para melhor atender a população, a equipe da UPA está em constante processo de qualificação. Nesses primeiros quatro meses foram realizados diversos treinamentos, pois segundo a Diretora Geral Vanderli de Barros, "Nossa rede de urgência, assim como, demais setores da Instituição, estão em constante processo de qualificação seguindo os protocolos de segurança do paciente, preconizados pelo Ministério da Saúde e pela ONA para a Acreditação Hospitalar".


Assessoria Vida e Saúde

Facebook


Twitter


Sound Cloud